Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Cidades do Sul de Minas planejam retorno das aulas presenciais em meio à pandemia

ultimas-noticias

Pelo menos três cidades do Sul de MG iniciaram planejamento para o retorno das aulas presenciais. Em Pouso Alegre e Varginha existe uma previsão de data de início. Já Passos realizou reunião e anunciou estudo com as famílias.

Em Pouso Alegre, as aulas presenciais devem começar em fevereiro conforme decreto assinado nesta quarta-feira (13), pelo Prefeito Rafael Simões (DEM). Desde dezembro de 2020, era anunciada uma reunião com os órgãos competentes para que as aulas voltassem seguindo todas as medidas do Ministério da Saúde.

Algumas mães e pais criaram um grupo pedindo o retorno das aulas. “O grupo começou com 30 e poucos pais e hoje se expandiu para um número que não temos condição de mensurar. A ideia desse grupo é de requerer do poder público, informações sobre o retorno efetivo das aulas. Todos os segmentos da sociedade tinham voltado e não se falava das escolas”, disse a advogada Graziela Pereira Brianezi.

Mas elas querem que as medidas sanitárias sejam cumpridas. “Existem protocolos que não são difíceis, mas que devem ser cumpridos rigorosamente. Como o distanciamento, a higienização básica… Isso vem de casa, a agente sabe disso. Se cada qual fizer a sua parte… É muito importante as escolas se prepararem para isso. Cada escola fazer sua parte”, afirmou a também advogada Carolina de Oliveira Lemes Santos.

O dono de uma papelaria na cidade, Mykel Sena, disse que em 2021, não teve nem 40% das vendas do ano passado. “Pra mim e pra todo segmento, o anúncio de volta às aulas é um alívio”, afirmou.

Os representantes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, são contra o retorno porque ele representa um risco à saúde. Para o coordenador do Sind-UTE, Luiz Carlos da Silva Cunha, a prioridade no momento, é reguardar a vida, a saúde e a dignidade das pessoas.

“Já é pacífico de que os jovens têm um potencial de transmissão. Embora assintomáticos, podem transmitir para familiares, pais, tios, avós e afetando àquelas pessoas que tem comorbidades ou idade avançada. Em tese, eles seriam emissários”, disse.

Pais, responsáveis e alunos terão autonomia para decidir se participam, ou não, das aulas presenciais. A cidade tem o maior número de contaminações da região com 4.909 casos e 82 mortes.

Segundo a secretária de educação, Leila Fonseca de Fátima, a volta será segmentada e seguirá os protocolos de segurança. Cada escola terá seu próprio protocolo de funcionamento.

Prefeitura publica decreto que autoriza volta às aulas em Pouso Alegre, MG — Foto: Divulgação/Prefeitura

Prefeitura publica decreto que autoriza volta às aulas em Pouso Alegre, MG — Foto: Divulgação/Prefeitura

Varginha

Em Varginha a data de retorno das aulas presenciais será no dia 02 de março devido aos aumentos de casos de Covid-19. Serão 30 mil estudantes que seguirão todos os protocolos de segurança nas escolas públicas e privadas.

“É uma data em que nós devemos nos atentar para o que está acontecendo na cidade e região. As aulas voltaram de forma remota no dia 08 de janeiro. Depois, no dia 02 de março, estaremos cuidando da parte híbrida. Nossos alunos estarão voltando de forma presencial, com todo cuidado recomendado pela Vigilância Sanitária”, explicou a secretária de educação, Gleicione Aparecida de Souza.

Os alunos serão divididos em blocos por sala. Enquanto um bloco têm aulas presenciais, os outros terão aulas remotas. Varginha tem mais de 3.200 casos de coronavírus e 54 pessoas morreram.

Passos

Em Passos, as aulas remotas estão programadas para o dia 18 de fevereiro. As aulas presenciais ainda não tem data prevista para começar. Uma comissão de estudos sobre o caso fez uma primeira reunião e ainda será feita uma pesquisa com as famílias.

Segundo Jane Hespanhol, secretária de educação, os estudos estão sendo feitos para que, quando o retorno aconteça, as escolas estejam preparadas. “Mas tudo vai depender muito do desenrolar da pandemia na cidade”, explicou.

Também será feito um diagnóstico das crianças sobre a defasagem que o ensino remoto pode ter causado. Passos tem mais de 2.400 casos de Covid-19 e 30 mortes.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe seu comentário:

Nossas Redes Sociais

Rádio Jovem FM


R. Comendador Schumann, 127, Centro/Itajubá - MG
Cep.: 37501-056
Fone: (35) 3622 4649
ouvinte@jovemfm987.com

Mapa do Site

Curta no Facebook

Redes sociais